Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



AS CORES DE UM RETALHO

Terça-feira, 03.07.07

Contigo tricotei um retalho

que na minha manta fica

a manta de tantas cores

de todos os momentos

a manta desde sempre iniciada ...continuada...

ponto por ponto

sem fim previsto

 

tricotei este retalho com a cor do coração

fios de sol em dias esperados

verde de planícies sonhadas

azul de águas longuínquas ...

outros fios de cristal

outras cores fui misturando

sempre guardadas em mim...

 

num rendilhado aberto

dei de mim

o violeta o roxo e outros fios

o aveludado do damasco

o aroma do malmequer

a lembrança do que não tive

 

em cada ponto

tricotava sonhos de muitas cores

em noites demoradas

de insónias dolorosas

desejava partilhar

todas as cores em  mim guardadas

 

ponto a ponto

dava ao meu retalho

voltas e voltas

na incerteza de encontrar

a cor de um abraço

de um beijo...

de um gesto...de um sorriso

de cruzar o meu olhar no teu

 

o retalho entristecia

lentamente...sem as cores sonhadas

sem a cor do coração

já cansadas estas mãos

de tanto tecer...tanto...

mãos vazias de nada

sonhos desfeitos

cores sem brilho...

mesmo em noites de lua cheia

 

o meu olhar perde-se

na imensidão deste retalho

em fios e pontos entrelaçados

 

na penumbra azulada

de um novo amanhecer

procuro-me...

procuro-me

em esperança não perdida

salpicada de púrpura

em rio de prata.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 23:07





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031